Tamanho do texto

Animal surpreendeu moradores da cidade de Soure e prefeitura diz que caso segue como "mistério"; técnicos farão necrópsia para entender o episódio

Baleia jubarte foi encontrada em área de mata no Pará; técnicos vão apurar como animal chegou lá
Reprodução/Belém Notícias
Baleia jubarte foi encontrada em área de mata no Pará; técnicos vão apurar como animal chegou lá

O surgimento de uma baleia jubarte em meio a uma área de mata surpreendeu os moradores da cidade de Soure, situada na Ilha de Marajó, no Pará. O enorme mamífero foi encontrado morto na tarde dessa sexta-feira (22) e como ele foi parar em meio à vegetação ainda é um "mistério", conforme a própria Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma).

Leia também: Crocodilo gigante já matou 300 pessoas e é conhecido como "demônio" na África

De acordo com a secretária responsável pela pasta, Dirlene Silva, a baleia jubarte  tem aproximadamente 11 metros de comprimento e não apresenta ferimentos visíveis. 

A prefeitura informou que, devido ao fato de o local ser inacessível para máquinas pesadas fazerem a remoção da enorme baleia, foram convocados técnicos biólogos da ONG Bicho d'água para realizar a necrópsia e estudos devidos no próprio local para levantar a causa da morte do animal tão raro por esta região. O trabalho dos biólogos da organização parceira da prefeitura de Soure deve ser realizado ainda neste sábado (23).

Leia também: Jacaré devora cobra píton de 3 metros em parque nos EUA; assista ao vídeo

Vídeo mostra baleia jubarte em meio à mata, em cidade do Pará:

Uma das possíveis explicações levantadas pela administração municipal para o aparecimento do mamífero é o de que ele tenha morrido no mar e seu corpo tenha sido levado até a margem da praia do Araruna pela ressaca.

Leia também: Banheiros químicos 'viram barcos' em enchente no Beco do Batman, em SP; assista

Segundo a prefeitura, a maré alta está acima da média no atual período, o que já provocou estragos em praias e em vilas de pescadores nos últimos dias. Em Soure, a chamada "super-maré" destruiu parte da ponte da Barravelha, causou prejuízos na Vila do Pesqueiro e em localidades próximas ao rio e até mesmo levou à morte de outra baleia jubarte , que encalhou na própria praia do Araruna. A administração da cidade prometeu realizar reparos assim que a maré perder força.