Ninho de dinossauro é encontrado em Minas Gerais; vinte ovos foram analisados
Ilustração de titanossauros/Júlia d'Oliveira - 29.03.2022
Ninho de dinossauro é encontrado em Minas Gerais; vinte ovos foram analisados

primeiro ninho de ovos de dinossauro do Brasil foi localizado em uma mina de calcário desativada no bairro de Ponte Alta, a 30km do centro de Uberaba, em Minas Gerais. Até então, os paleontólogos só haviam recuperado ovos isolados. O achado foi publicado no periódico especializado Scientific Reports, do grupo Nature, na última quinta-feira, 24.

Com base na análise das cascas e das associações de ovos, de aproximadamente 12 cm de diâmetro, os cientistas compararam os fósseis com espécies argentinas e chegaram à conclusão de que pertencem ao grupo dos titanossauros, que habitava a região há cerca de oitenta milhões de anos. Os ovos foram submetidos a exames de tomografia computadorizada, mas não foram achados vestígios de embriões dentro deles. O estudo aponta que pertenciam a ninhada original.

Ovos encontrados em Ponte Alta, Uberaba (MG)
Reprodução - 29.03.2022
Ovos encontrados em Ponte Alta, Uberaba (MG)

Em 1951, o primeiro fóssil de Uberaba foi encontrado. Esse achado alavancou as pesquisas paleontológicas no município, que se tornou referência internacional no estudo de vertebrados fósseis do Período Cretáceo.

Estiveram diretamente envolvidos nas pesquisas desse achado o geólogo da Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM), Luiz Carlos Borges Ribeiro, e o professor do Instituto de Ciências Exatas, Naturais e Educação (Icene/UFTM), Thiago da Silva Marinho, além de representantes do Consejo Nacional de Investigaciones Científicas y Técnicas argentino (Conicet), da Fundação Cultural da Prefeitura Municipal de Uberaba, do Instituto de Biología de la Conservación y Paleobiología (Ibicopa), da Unicamp, da USP, da Faculdades Associadas de Uberaba (Fazu), da Fundação Educacional para o Desenvolvimento das Ciências Agrárias (Fundagri), da Associação Brasileira dos Criadores de Zebu (ABCZ) e da Escola Estadual Presidente João Pinheiro.

O pesquisador João Ismael, da Fundação Cultural de Uberaba
Reprodução - 29.03.2022
O pesquisador João Ismael, da Fundação Cultural de Uberaba

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários