Eclipse anular do Sol visto da China em junho de 2020
Foto: Costfoto/Barcroft Media via Getty Images (21.jun.2020)
Eclipse anular do Sol visto da China em junho de 2020

Na próxima quinta-feira (10), o céu será palco de um fenômeno raro, conhecido popularmente como "anel de fogo" . O eclipse solar recebeu esse apelido pois o Sol não é completamente coberto pela Lua e no momento em que o astro passa em frente, a luz solar forma um contorno em formato de anel. 

Durante um eclipse solar total, a Lua fica perfeitamente alinhada entre o Sol e a Terra. No entanto, em um eclipse anular, o satélite está num ponto distante da órbita terrestre e fica com uma aparência menor, deixando as bordas do astro-rei aparecerem.

No Brasil, o fenômeno poderá só ser visto por via online, em canais que transmitirão o acontecimento ao vivo. A previsão é que ele dure 3 minutos e 51 segundos, com início previsto para 5h12, no horário de Brasília.

Contudo, aqueles que estiverem no norte do Canadá, da Rússia e da Groenlândia poderão observá-lo completamente. Outras partes ao norte da Terra como o Reino Unido e os Estados Unidos poderão ver o eclipse parcialmente.

Aos que o verão o eclipse presencialmente, é recomendado o uso de óculos especiais para evitar danos causados pelos raios solares na retina.

De acordo com a Agência Espacial Norte-Americana, Nasa, o próximo eclipse anular que poderá ser visto do Brasil será só em outubro de 2023.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários