Asteroide
Divulgação/Nasa
Corpo celeste foi descoberto por cientistas da NASA no ano de 2009

Nesta semana, a NASA divulgou detalhes de um possível encontro da Terra com um imenso asteroide de mais de 130 metros, que teria força de mais de 250 mil toneladas e poderia causar uma imensa destruição.

Segundo as informações divulgadas pela agência, o  2009 JF1 , detectado no espaço ainda em 2009, poderia atingir a Terra no dia 6 de maio de 2022. Os cálculos foram feitos por cientistas da instituição, responsáveis por acompanhar sua trajetória e identificar o grau de risco para o planeta .

Apesar de ser classificado como "potencialmente perigoso", as chances do 2009 JF1 realmente atingir a terra é de 0,026%, ou de uma em 3.800, segundo dados da Escala de Palermo fornecidos pela NASA .

Até lá, a agência seguirá acompanhando a órbita do asteroide por meio do sistema Sentry, que determina o grau de desnvio dos corpos celetes e realiza uma projeção de "voo" pelos próximos 100 anos, garantindo assim que qualquer ameaça à Terra seja detectada com bastante antecedência.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários