rosto do macaco
Pixabay
Os macacos foram executados em fevereiro de 2019

A Agência Espacial dos Estados Unidos ( Nasa ) estava sob responsabilidade de 27 macacos , que, de acordo com o jornal britânico The Guardian , foram mortos por injeções letais. Segundo a publicação, 21 dos primatas sofriam com mal de Parkinson .

O jornal informou, nesta terça-feira (22), que os macacos foram executados no dia 2 de fevereiro de 2019. Após o anúncio, defensores dos direitos dos animais e autoridades dos Estados Unidos  exigiram explicações da agência sobre a ação.


Justificativa

Ainda segundo a publicação, os macacos viviam em um espaço alugado pela farmacêutica LifeSour BioMedical. Uma executiva da empresa disse ao site de notícias que os animais teriam sido doados "há anos" ao laboratório, estavam "pouco saudáveis" e em idade avançada. Ela afirmou que a decisão de matar os  macacos foi "adequada" para prevenir que tivessem queda na qualidade de vida.

    Leia tudo sobre:

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários