Tamanho do texto

“É tão emocionante finalmente provar que Marte ainda é sismicamente ativo”, relatou um dos cientistas da equipe responsável pela pesquisa

Marte
NASA/JPL-Caltech/Cornell/ASU
Cientistas captaram um terremoto no solo de Marte

A sonda sismológica da missão americana InSight registrou pela primeira vez tremor no solo de Marte. De acordo com informações divulgadas pela Agência Espacial dos Estados Unidos (Nasa), o fraco sinal sísmico, detectado pela sonda, foi gravado no dia 6 de abril. “Este é o primeiro tremor registrado que parece ter vindo do subsolo do planeta”.

Leia também: Sonda pousa em Marte após sete meses de viagem e Nasa comemora; veja a 1ª imagem

Os cientistas ainda estão examinando os dados para determinar a causa exata do tremor. “Nós estamos coletando ruído de fundo até agora, mas este primeiro evento oficialmente dá início a um novo campo: sismologia de Marte ”, disse Bruce Banerdt, que integra a equipe principal de cientistas que monitoram a sonda InSight, do Laboratório de Propulsão a Jato da Nasa (JPL), em Pasadena, na Califórnia.

O sismógrafo da InSight , que pousou na superfície marciana no dia 19 de dezembro de 2018, permitirá aos cientistas coletar dados das movimentações da crosta marciana.

Ao estudar o subsolo profundo de Marte, eles esperam aprender como outros mundos rochosos, incluindo a Terra e a Lua , se formaram.

Leia também: Pela primeira vez, sonda da Nasa capta som do vento em Marte; ouça como é

“É tão emocionante finalmente provar que Marte ainda é sismicamente ativo”, disse Philippe Lognonné, chefe da equipe do Seismic Experiment for Interior Structure (Seis), do Instituto de Física do Globo de Paris, na França. “Estamos ansiosos para compartilhar resultados detalhados depois que tivermos a oportunidade de analisá-los”, finalizou.