Tamanho do texto

Se, um dia, você chegasse perto de Urano, provavelmente não ficaria muito satisfeito com o cheiro do gás sulfeto de hidrogênio, que rodeia o planeta

Urano foi alvo de uma pesquisa de cientistas da Universidade de Oxford, que descobriram informações sobre seu odor
NASA/JPL
Urano foi alvo de uma pesquisa de cientistas da Universidade de Oxford, que descobriram informações sobre seu odor

Uma pesquisa da Universidade de Oxford, no Reino Unido, descobriu que Urano é rodeado por uma nuvem de sulfeto de hidrogênio – um gás cujo cheiro é muito semelhante ao odor exalado por ovos estragados. De acordo com o portal Metro , a teoria de que o planeta seria circundado pelo gás é antiga, porém, essa é a primeira vez que a hipótese pode ser comprovada.

Leia também: Diamantes encontrados em meteorito vieram de 'planeta perdido' no Sistema Solar

Liderado por Patrick Irwin, o estudo analisou a radiação infravermelha de Urano , que foi capturada pelo telescópio Gemini North, localizado na ilha Mauna Kea, no Havaí. Assim, a pesquisa descobriu a presença do gás, um avanço importante para as investigações sobre a formação dos planetas.

Isso porque, diferente de sulfeto de hidrogênio, Júpiter e Saturno possuem amônia em suas nuvens, e a diferença na composição dos gases pode ser usada como uma “máquina do tempo” para entender questões ainda não solucionadas sobre o universo, especificamente sobre o nosso Sistema Solar.

“Durante a criação do nosso Sistema Solar , o equilíbrio entre nitrogênio e enxofre era determinado pela temperatura e a localização do planeta sendo formado”, explicou Leigh Fletcher, cientista também envolvido na descoberta da Universidade de Oxford.

Leia também: Nasa vai lançar hoje caçador de planetas habitáveis fora do sistema solar

Impacto da atmosfera de Urano nos seres humanos

Agora, a própria etapa dos pesquisadores é supor quais seriam os efeitos dos níveis do gás nos seres humanos. “Se um humano infeliz algum dia chegasse perto das nuvens do planeta , ele encontraria uma condição muito desagradável e detertável”, disse Irwin. “A Asfixia e a exposição aos 200ºC negativos da atmosfera, feita basicamente de hidrogênio, hélio e metano, seriam efeitos sentidos muito antes do cheiro de ovo podre”, completou.

Leia também: Grande buraco aparece na superfície do Sol e pode impactar o planeta Terra

Além disso, com a confirmação da presença do sulfeto de hidrogênio, os astrônomos esperam conseguir mais informações não só sobre Urano , mas também sobre as condições físicas de outros planetas gelados. Um deles é Netuno, que está em nosso Sistema Solar e é um dos apelidados de "gigantes gelados" por ser composto por gases mais pesados do que hidrogênio e hélio.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas