Câmara do Rio adia decisão sobre caso de Gabriel Monteiro
Reprodução/Instagram
Câmara do Rio adia decisão sobre caso de Gabriel Monteiro


Por cinco votos a dois, o Conselho de Ética da Câmara de Vereadores do Rio decidiu aguardar uma semana para decidir se irá abrir ou não um procedimento de investigação contra o vereador  Gabriel Monteiro Gabriel Monteiro (Sem Partido). O presidente do Conselho, Alexandre Isquierdo (DEM) afirmou esperar nesse prazo reunir dados com a polícia, Ministério Público e as denúncias contidas na reportagem exibida no último domingo pelo Fantástico, da TV Globo.

“A investigação já começou. Mas precisamos de reunir mais dados que fundamentam a decisão”, disse Isquerdo.

O presidente do Conselho ainda argumentou que o mesmo ritual foi adotado no caso do vereador Jairinho que acabou cassado depois das denúncias envolvendo a morte do enteado Henry Borel.

Leia Também


A decisão do Conselho não foi unanime. Votaram a favor de esperar uma semana, além de Isquierdo: Rosa Fernandes, Rogério Amorim, Luiz Carlos Ramos Filho e Zico. Já Chico Alencar e Teresa Bergher defendiam que já havia elementos suficientes para tomar una decisão em no máximo 48 horas.

Desde abril de 2021, os vereadores já tinham recebido sete representações contra o político, em sua maioria sobre como ele conduz operações de fiscalização em órgãos públicos. Até hoje, nenhuma delas gerou processos ou foi arquivada. Na próxima terça-feira os vereadores devem decidir se será aberta uma representação contra Monteiro, que pode resultar, inclusive, na perda do mandato de Monteiro.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários