Homem estava descendo do veículo quando foi baleado
Foto: Reprodução
Homem estava descendo do veículo quando foi baleado

Após assistir a imagem do  policial militar que atirou pelas costas de um motociclista, neste sábado (25), na Zona Leste de São Paulo, o ouvidor da Polícia do estado, Elizeu Soares Lopes, classificou a atitude do PM como "chocante e inaceitável".

Em entrevista ao Portal G1, Elizeu informou que a Ouvidoria vai instaurar um procedimento para acompanhar as investigações dos órgãos competentes. "Vamos requisitar que o Ministério Público também acompanhe o caso", disse o ouvidor.

Nas filmagem, o policial se aproxima pelas costas do motociclistas e efetua os disparos. De acordo com a polícia, a moto havia sido roubada horas antes, e o homem morto foi reconhecido como autor do roubo pelo dono do veículo.

O policial militar foi preso em flagrante ainda no sábado (25) e o homem homem morreu horas depois no Hospital Tide Setúbal, na Zona Leste.

Em nota, a Secretaria de Segurança Pública afirma que o caso está sendo registrado no Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP), que prosseguirá com as investigações. “A Polícia Militar instaurou Inquérito Policial Militar (IPM) e trabalha no esclarecimento dos fatos”, diz nota.

Mesmo em meio à pandemia da Covid-19, nas estatísticas da SSP, o número de pessoas mortas por policiais militares no estado cresceu 21% no primeiro semestre deste ano na comparação com o mesmo período de 2019. Ao todo, 435 pessoas mortas por PMs em serviço neste ano contra 358 do ano passado.

    Veja Também

      Mostrar mais