Prefeito de São Paulo Bruno Covas confirma que não haverá festa de ano novo
Governo do Estado de São Paulo
Prefeito de São Paulo Bruno Covas confirma que não haverá festa de ano novo

O prefeito de São Paulo , Bruno Covas, anunciou nesta sexta-feira (17) que a capital não realizará a tradicional festa de virada de ano na avenida Paulista este ano. De acordo com Covas, a decisão considera as medidas de saúde pública e busca evitar grandes aglomerações durante a pandemia da Covid-19.
Na tarde de ontem, o prefeito ainda comentou que a realização das festas de Carnaval também são incertas



"São quatro grandes eventos que nós temos nesse segundo semestre de 2020, dois sob a responsabilidade da prefeitura: a Virada Cultural e o Réveilllon na Paulista. Já anunciamos aqui que a Virada seria feita de forma on-line. Nós também não teremos o Reveillon na Paulista nesta virada de ano de 2020 para 2021", disse o prefeito, em coletiva de imprensa. 

Já sobre a possibilidade das festas de Carnaval 2021, o prefeito voltou a afirmar que a confirmação ou cancelamento requer estudos mais apurados das equipes responsáveis, que no momento dialogam com representantes das escolas de samba. 

Covas ainda defende que "tanto a prefeitura quanto o governo do Estado, os técnicos da Vigilância Sanitária , entendem muito temerário nós organizarmos um evento para 1 milhão de pessoas para dezembro deste ano". 

Sobre o impacto do cancelamento da festa na economia da cidade, o prefeito afirmou que "o impacto que um evento dessa proporção possa ter na área da saúde é bem maior do que qualquer prejuízo que a cidade enfrente na área econômica. Neste momento, não há nenhuma possibilidade de pensar numa festa para tantas pessoas", reforçou. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários