Chuvas no Rio Grande do Sul causam enchente em Venâncio Aires
Divugação
Chuvas no Rio Grande do Sul causam enchente em Venâncio Aires

O número de mortos nas enchentes no Rio Grande do Sul segue em 154, enquanto o de desaparecidos caiu para 94, de acordo com boletim da Defesa Civil do estado divulgado na tarde desta sexta-feira (17).

Já o número de cidades que enfrentam algum problema permanece em 461, afetando 2.304.422 pessoas.

Segundo o boletim, a quantidade de desalojados (tiveram que sair de casa, mas estão com parentes ou amigos) chegou a 540.188 pessoas. O número de pessoas em abrigos subiu para 78.165, e o de feridos segue 806.

Ainda, a quantidade de pessoas resgatadas foi para 82.666, e 12.108 animais foram resgatados.

O governador Eduardo Leite (PSDB) disse que é esperado que o número de vítimas fatais cresça. Segundo o mandatário, o  evento se trata do maior desastre climático da história do estado.

Os temporais começaram no dia 29 de abril e têm provocado danos a imóveis e elevação no nível dos rios e arroios, fazendo com que muitas pessoas fiquem desabrigadas.


Estado de calamidade

No dia 1º de maio,  o Rio Grande do Sul decretou estado de calamidade pública pelos "eventos climáticos de chuvas intensas". 

Os eventos meteorológicos ocasionaram "danos humanos, com a perda de vidas, e danos materiais e ambientais, com a destruição de moradias, estradas e pontes, assim como o comprometimento do funcionamento de instituições públicas locais e regionais e a interdição de vias públicas", descreve o decreto assinado pelo governador.

Energia elétrica, água e telefonia

Veja a situação dos serviços básicos em todo o estado:

  • CEEE Equatorial: 103.801 pontos sem energia elétrica (5.7% do total de clientes);
    RGE Sul: 114.600 pontos sem energia elétrica (3.7% do total de clientes);
    Corsan: 117.586 clientes sem abastecimento de água (4% do total de clientes);
    Tim: Serviço normalizado;
    Vivo: 2 municípios sem serviços de telefonia e internet;
    Claro: Serviço normalizado.

Escolas

Segundo a Defesa Civil, 1.058 escolas estaduais foram afetadas em 248 municípios. Ao todo, são mais de 378 mil estudantes impactados, 570 escolas danificadas e 86 escolas servindo de abrigo.

Rodovias

As chuvas que atingem o estado também causaram danos e alterações no tráfego nas rodovias estaduais gaúchas. Na manhã desta quinta, são 88 trechos com bloqueios totais e parciais em 50 rodovias, entre estradas, pontes e balsas, segundo a última atualização. Veja o  mapa interativo :

Mapa Interativo sobre as estradas bloqueadas no RS
Reprodução: Google Maps
Mapa Interativo sobre as estradas bloqueadas no RS

Nível dos rios

  • Lago Guaíba - Porto Alegre – 4,62 metros (cota inundação 3,00 Centro; 2,10 Ilhas)
    Rio dos Sinos - São Leopoldo - 6,49 metros (cota inundação 4,50)
    Rio Gravataí - Passo das Canoas - 5,71 metros (cota inundação 4,75)
    Rio Taquari - Muçum – 5,53 metros (cota inundação 18,00)
    Rio Caí - Feliz – 3,58 metros (cota inundação 9,00)
    Rio Uruguai - Uruguaiana – 10,55 metros (cota inundação 8,50)
    Lagoa dos Patos - São Lourenço do Sul – 2,74 metros 7h (cota inundação 1,30)

Clique  aqui e faça parte do nosso canal no WhatsApp

    Mais Recentes

      Comentários

      Clique aqui e deixe seu comentário!