Bruno Krupp foi preso na manhã desta quarta (3)
Reprodução: Redes Sociais
Bruno Krupp foi preso na manhã desta quarta (3)

Na manhã desta quarta-feira (3), a Justiça do Rio expediu um mandado de prisão contra o modelo e influenciador Bruno Krupp pelo atropelamento e morte do jovem João Gabriel Cardim Guimarães, de 16 anos, no último sábado (30) .

Bruno , que responde por homicídio com dolo eventual, isto é, quando se assume o risco de matar, foi encontrado em um hospital no Méier, na Zona Norte do Rio de Janeiro. Ele, no entanto, já havia recebido alta no Lourenço Jorge ainda no domingo (31), dia seguinte do ocorrido.

Quando atingiu a vítima, o modelo pilotava uma moto que estava sem placa e em alta velocidade, além de ele não ter habilitação para este tipo de veículo, de acordo com os policiais.

Câmeras de segurança de um quiosque capturaram a velocidade que o modelo estava no momento da colisão.

Em depoimento, um policial militar relatou que a perna esquerda do adolescente foi amputada na hora do impacto e parou 50 metros à frente do local, em um gramado entre o calçadão da orla da Barra da Tijuca e a areia da praia.

A perna do jovem chegou a ser colocada em uma caixa térmica com gelo para preservação, enquanto o estudante era socorrido na pista. João Gabriel chegou a ser levado ao Hospital Municipal Lourenço Jorge, mas não resistiu aos ferimentos.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.  Siga também o  perfil geral do Portal iG.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários