Bruno tornou privado seu perfil no Instagram, que conta com mais de 140 mil seguidores
Reprodução: Redes Sociais
Bruno tornou privado seu perfil no Instagram, que conta com mais de 140 mil seguidores

O modelo Bruno Fernandes Moreira Krupp, de 25 anos, está sendo acusado de atropelar e matar um jovem de 16 anos, no Rio de Janeiro, no fim da noite de domingo (31). Ele dirigia uma moto sem placas, segundo a Polícia Civil. Agentes abriram um inquérito para apurar as circunstâncias do atropelamento.

Ainda de acordo com a Polícia Civil, Krupp estava dirigindo sem habilitação quando atropelou o estudante na faixa de pedestre com semáforo, na orla da Barra da Tijuca, na altura do Posto 3. Em um primeiro momento, ele foi autuado por lesão corporal culposa, porque a vítima só veio à óbito no Hospital Municipal Lourenço Jorge, para onde foi encaminhada. O registro, no entanto, deve ser aditado para homicídio. Ele também foi autuado por falta de habilitação e proibição de dirigir o veículo automotor.


Assim que as primeiras informações sobre o acidente começaram a circular nas redes, o modelo tornou privado seu perfil no Instagram, que conta com mais de 140 mil seguidores.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo. Siga também o perfil geral do Portal iG .

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários