Jessica Ballock e seu filho Theo foram encontrados mortos. Kelber Pereira é suspeito do crime
Reprodução - 28.07.2022
Jessica Ballock e seu filho Theo foram encontrados mortos. Kelber Pereira é suspeito do crime

Preso por suspeita de matar a mulher e o filho de apenas três meses em Blumenau , Kelber Henrique Pereira, de 28 anos, procurou um escritório de advocacia nesta segunda-feira em busca de orientações jurídicas e foi convencido a gravar um vídeo de confissão que circula nas redes sociais~, de acordo com o delegado Ronnie Esteves, responsável pela investigação do caso.

Esteves disse ao GLOBO que o investigado se recusou a atender a recomendação inicial dos advogados de se entregar à polícia. Após o contato, um estagiário do escritório, de 42 anos, fez contato com o suspeito e o convenceu a fazer a gravação e a entregar o filho mais velho para outra pessoa.

Kelber, que foi preso na noite de terça-feira em Paulínia, no estado de São Paulo, concordou "depois de muita insistência" em entregar a criança, de um ano e dez meses. Segundo o delegado, o estagiário e mais duas pessoas foram até Munhoz, em Minas Gerais, onde deixaram o menino sob os cuidados da avó paterna.

No vídeo, o investigado justifica o crime com a alegação de que tinha bebido na tarde de sábado e que isso o levou a usar drogas. Ele diz não ter memória do momento dos assassinatos. Segundo a Polícia Civil de Santa Catarina, as investigações sobre o duplo homicídio continuam. Kelber já passou pela audiência de custódia e deverá ser transferido para o estado de Santa Catarina nos próximos dias.

Os corpos da mãe e do filho recém-nascido foram encontrados na manhã de segunda-feira após um telefonema anônimo ter alertado a polícia do crime. De acordo com as autoridades, mãe e filho foram encontrados degolados em um quarto do apartamento.

"A policia recebeu uma ligação por volta das 10h informando que no local haveria uma mulher morta. Eles (os policiais) tentaram fazer contato com o morador, mas como não tiveram sucesso entraram. Já na entrada identificaram gotas de sangue", diz o delegado, apontando que os corpos estavam em um quarto fechado.

Nesta quarta-feira, o Tribunal de Justiça do Estado (TJ-SP) manteve a prisão temporária do suspeito. Ele também é investigado pela morte de uma garota de programa no município de Gaspar, no interior de Santa Catarina, em 23 de abril deste ano.

Entre no canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo. Siga também o  perfil geral do Portal iG.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários