Quero que tomem providências, diz Bolsonaro sobre morte em festa
Justin Tafoya/U.S. Department of State
Quero que tomem providências, diz Bolsonaro sobre morte em festa

Neste domingo (10), o presidente Jair Bolsonaro (PL) afirmou que deseja que o assassinato do petista em For do Iguaçu (PR) seja apurado e que as providências sejam tomadas.

Marcelo Aloizio de Arruda foi morto na sua própria festa de aniversário no último sábado (9), após ser baleado pelo policial penal federal Jorge José da Rocha Guaranho.

A declaração do presidente foi dada por meio do Twitter. Na ocasião, ele respondia a uma publicação do humorista Antonio Tabet, do Porta dos Fundos, sobre o assassinato do petista.

Tabet escreveu que Bolsonaro deve estar chateado porque a “lei proíbe que ele conceda a graça a quem comete crimes hediondos. Como homicídio qualificado”.

“Deve estar me confundindo com a turma que você curte, aquela que correu pra proteger os assassinos do cinegrafista da Band, que cuidava do assassino Battisti, que já teve como membro o bandido que tentou me matar”, rebateu o chefe do Executivo, mencionando a facada que tomou em 2018 durante a campanha eleitoral.

Esta não foi a primeira vez que o presidente falou sobre o caso. Em uma série de publicações em seu perfil no Twitter,  Bolsonaro disse que “dispensa apoio de quem pratica violência contra opositores”

“Esse tipo de gente, peço que por coerência mude de lado e apoie a esquerda, que acumula um histórico inegável de episódios violentos”, disse Bolsonaro, sem citar nomes.

A publicação foi feita depois que policial penal federal e bolsonarista Jorge José da Rocha Guaranho assassinou a tiros o guarda municipal petista Marcelo Aloizio de Arruda, em Foz do Iguaçu (PR). Jorge invadiu a festa de aniversário de 50 anos de Marcelo, que reagiu. O policial penal federal está internado sob custódia da Polícia Militar do Paraná.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.  Siga também o  perfil geral do Portal iG.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários