Jason Karels, de 35 anos, é acusado de matar os 3 filhos nos EUA; Crianças tinham idades entre 2 e 5 anos
Reprodução/GoFoundme
Jason Karels, de 35 anos, é acusado de matar os 3 filhos nos EUA; Crianças tinham idades entre 2 e 5 anos

Jason Karels, de 35 anos, foi preso e acusado de assassinato os três filhos em Round Lake Beach, no estado americano de Illinois. Os corpos de Bryant, de 5 anos, Cassidy, de 3 anos e Gideon, de 2 anos, foram encontrados na casa dele pela polícia na tarde desta segunda-feira, após um chamado da ex-mulher de Karels e mãe das crianças, Debbie. O casal tinha a guarda compartilhada dos menores, e a mulher iria buscá-los na residência após o trio passar o fim de semana com o pai. O resultado preliminar das autópsias revelou que a causa da morte das três crianças foi afogamento, de acordo com o vice-chefe do Gabinete do Legista do Condado de Lake, Steve Newton.

Karels não estava em casa quando os corpos foram encontrados, mas algumas horas depois, a Polícia Estadual de Illinois avistou o carro dele na rodovia Interestadual 57. Os agentes deram início então a uma perseguição, que só terminou quando o suspeito acabou saindo da pista em direção a uma área arborizada. Ele foi levado para o hospital e preso em seguida. Uma audiência preliminar está marcada para esta quarta-feira.

"Não consigo explicar a dor que esta família está passando agora", lamentou o chefe de polícia de Round Lake Beach, Gilbert Rivera.

A polícia não informou se Karels revelou o que teria motivado o crime. Conforme Rivera, até o momento, os investigadores ainda não sabem se há alguma histórico de abuso das crianças ou se o suspeito tem algum histórico de doença mental e antecedentes criminais.

"Não sei se algo poderia ter impedido isso, ou se houve alguma indicação precoce disso. Como mencionei, não estávamos familiarizados com essa família nem com a casa, mas posso dizer que estamos todos profundamente abalados", disse Rivera.

Autoridades ainda aguardam resultados dos testes toxicológicos para determinar se as crianças foram drogadas antes do afogamento. Não havia sinais de outros danos físicos no corpo das crianças.

Dick Barr , membro o conselho do condado de Lake, criou uma campanha para arrecadar fundos e ajudar a mãe das crianças. Até a manhã desta quarta-feira, US$ 49.158 foram doados.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo. Siga também o  perfil geral do Portal iG.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários