Menores tiveram ferimentos nos braços que teriam sido causados pela própria mãe
Reprodução
Menores tiveram ferimentos nos braços que teriam sido causados pela própria mãe

As duas crianças, de 4 e 7 anos, vítimas de maus-tratos supostamente praticados pela própria mãe, em São Gonçalo, no Rio de Janeiro , passaram por exame de corpo de delito no Instituto Médico Legal (IML), em Tribobó, neste sábado (29). De acordo com a Polícia Civil, o caso foi registrado na 74ª DP (Alcântara) para onde acusada de ser responsável pela tortura foi levada.

Ainda segundo a Secretaria de Estado de Polícia Civil (Sepol), os menores foram encaminhados para o Conselho Tutelar, onde serão resolvidas as questões relativa a guarda dos dois meninos.

Denúncias feitas por vizinhos à PMs do 7º BPM (São Gonçalo), que atenderam ao chamado, indicam que a mulher torturava os menores já há algum tempo e que a prática teria se acentuado nos últimos dias. Após os atos, os avós paternos das crianças teriam levado os menores do Jardim Catarina, onde viviam com a mãe, para o bairro Miriambi.

De acordo com as informações recebidas pelos PMs, a mulher, de 24 anos, teria usado uma colher quente para punir os próprios filhos, que tinham as marcas das queimaduras no momento da chegada dos policiais.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.  Siga também o  perfil geral do Portal iG.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários