Silveira foi multado em R$ 405 mil por não utilizar a tornozeleira
Cristiano Mariz/Agência O Globo - 20.04.2022
Silveira foi multado em R$ 405 mil por não utilizar a tornozeleira


O deputado federal  Daniel Silveira (PTB-RJ) devolveu, nesta quarta-feira (4), a tornozeleira eletrônica que estava desligada desde o domingo de Páscoa, 17 de abril. O governo do Distrito Federal informou o STF da devolução.

No entanto, o parlamentar não compareceu à Secretaria de Administração Penitenciária para instalar um novo equipamento, como intimou o ministro Alexandre de Moraes.

A tornozeleira foi levada até a sede da SEAPE/DF por Paulo Cesar Rodrigues Faria, advogado de Silveira. 


O deputado se recusou a receber o mandado de intimação de um oficial de Justiça um dia após o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinar o pagamento de multa de R$ 405 mil por descumprimento do uso da tornozeleira eletrônica.

Com a aplicação da multa, Moraes determinou o bloqueio de bens nesse valor nas contas do parlamentar. A tentativa de cumprimento do mandado de intimação foi feita às 11h45 desta quarta-feira no gabinete de Silveira na Câmara dos Deputados.

O Banco Central do Brasil informou nesta quarta-feira ao ministro do STF que já determinou às instituições financeiras que bloqueiem todas as contas do deputado federal.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários