Lurdes Monteiro é uma das vítimas de acidente de ônibus no PR
Reprodução 02/05/2022
Lurdes Monteiro é uma das vítimas de acidente de ônibus no PR

Um  acidente de ônibus no município paranaense de Marechal Cândido Rondon na manhã desta segunda-feira tem entre as sete vítimas confirmadas uma mãe e a filha, identificadas como Lurdes Monteiro e Fabiane Monteiro. Familiares da dupla se manifestaram nas redes sociais.

"Nesta manhã, vieram a falecer minha querida irmã Lurdes Moteiro e sua filha Fabiane Monteiro em decorrer de um trágico acidente entre Pato Bragado e Toledo. Que Deus as receba com alegria e comfote os corações de todos amém", diz a nota de falecimento.

Lurdes e Fabiane eram comadre e afilhada de Luiz Grando, ex-prefeito de Pato Bragado, que se solidarizou com as vítimas em suas redes sociais.

"Com imensa tristeza recebi a notícia do trágico acidente ocorrido na manhã de hoje, envolvendo o microônibus da Prefeitura de Pato Bragado que transportava pacientes para tratamento de saúde. Foram 7 vidas ceifadas precocemente e vários feridos, pessoas muito queridas e atuantes na comunidade Bragadense, inclusive um Ex-Vereador, minha comadre, e afilhada. É difícil mensurar o impacto por tamanha perda", escreveu.

Além delas, o motorista César Schaeffer, apelidado de Tcheco, também não resistiu. Ele foi vereador de Pato Bragado e era conhecido por participar de equipes de futebol e futsal da cidade. As outras vítimas são: João Szczuk, Ivone Gentelini, Nelson Ditz e Pedro Schneider.

O ônibus, que pertencia à Secretaria de Sáude de Pato Bragado e transportava pacientes para consultas especializadas nas cidades de Cascavel e Toledo, caiu em um barranco na rodovia PRC 467. O acidente ocorreu por volta das 6h desta sgeunda-feira e deixou outros 13 feridos, além das sete vítimas fatais.

Leia Também

A Polícia Rodoviária Estadual do Paraná disse que o acidente envolveu também um caminhão de transporte de grãos, cujo motorista fugiu do local.

A Prefeitura de Pato Bragado afirmou em nota que havia 20 pessoas no veículo, incluindo o motorista. Segundo a administração municpal, 13 estão na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Marechal Cândido Rondon, sendo dois pacientes em estado grave. Eles serão transferidos de helicóptero e ambulância.

"Equipes de Pato Bragado estão na UPA auxiliando nos atendimentos aos bragadenses e também às famílias das vítimas.A Secretaria de Saúde mantém contato com os familiares das vítimas na Unidade Básica de Saúde Albino Edvino Fritzen, repassando mais informações e esclarecimentos e, acima de tudo, prestando todo apoio necessário", diz a nota.

De acordo com o prefeito de Pato Bragado, Leomar Rohden, nem todos os passageiros embarcaram. Ele disse que o Instituto Médico Legal (IML) está trabalhando para atestar a identidade de todas vítimas.

"Não sabemos as causas ainda, polícia vai investigar. Não sabemos exatamente o que aconteceu. Está sendo dado todo suporte aos familiares que acabaram se envolvendo no acidente. Infelizmente aconteceu esta tragédia", disse o prefeito ao GLOBO.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários