Chuvas e ventania devem atingir ainda o litoral de Santa Catarina e do Rio Grande do Sul
Foto: Reprodução Redes Sociais
Chuvas e ventania devem atingir ainda o litoral de Santa Catarina e do Rio Grande do Sul

Os primeiros dias de maio serão preocupantes no sul do Brasil. A previsão é que um ciclone extratropical atinga a região durante esta segunda (02) e permaneça até quarta-feira (04). O fenômeno acompanha chuvas intensas de até 500 mm e uma nova frente fria. 

O ciclone gerará nuvens muito carregadas, ventanias e fortes chuvas  com aporte de umidade vinda da Amazônia. Nesta segunda, as precipitações serão mais volumosas na Metade Norte do Rio Grande do Sul, no Planalto Sul Catarinense e no Sul de Santa Catarina com 100 mm a 150 mm em alguns pontos, o que deve trazer transtornos. Já ao Norte de Santa Catarina e na Metade Sul gaúcha não são esperados altos volumes.

Na terça e na quarta, o cenário não muda no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina. As chuvas intensas poderão somar a prováveis acumulados de até 100 mm a 250 mm já registrados com a chuva de sábado, domingo e nesta segunda.

Entre quarta (04) e quinta-feira (05), o ciclone extratropical se afasta dos estados brasileiros, fazendo com que o ar frio de origem polar se espalhe pela região. Na sexta-feira (06), a expectativa é que este fenômeno já esteja em alto mar.

Com o ciclone no oceano, grandes ondas vão se espalhar pelo litoral da Região Sul do Brasil causando ressacas. Além disso, essas mudanças também podem atingir o litoral de São Paulo e do Rio de Janeiro.

Chuvas volumosas

Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia, as chuvas, raios e ventos, já são esperados nestas primeiras semanas de maio na Região Sul. No entanto, com a chegada do ciclone extratropical, há um estímulo maior para o acúmulo de nuvens carregadas entre o sul de Santa Catarina e o nordeste do Rio Grande do Sul, fazendo com que o nível de precipitação aumente nessa área.

O litoral sul catarinense, a região serrana do Rio de Grande do Sul e de Santa Catarina e o litoral norte gaúcho, poderão alcançar valores  entre 200 mm e 300 mm de chuva acumulada entre 3 e 5 de maio.

Na região de Florianópolis, a estimativa inicial é entre 100 mm e 200 mm, para o período entre o dia 3 e 5 de maio. Em Porto Alegre, os volumes de chuva são menores, mas ainda são preocupantes, devendo ficar entre 50 a 100 mm.

Em Curitiba, asa chuvas não serão tão intensas como nas outras capitais da região.

Previsão do tempo 

Paraná - Curitiba

2 de maio - Mínima de 16ºC e máxima de 23ºC

3 de maio - Mínima de 16ºC e máxima de 25ºC

Leia Também

4 de maio - Mínima de 12ºC e máxima de 18ºC

Santa Catarina - Florianópolis

2 de maio - Mínima de 18ºC e máxima de 21ºC

3 de maio - Mínima de 18ºC e máxima de 20ºC

4 de maio - Mínima de 19ºC e máxima de 23ºC

Rio Grande do Sul - Porto Alegre

2 de maio - Mínima de 15ºC e máxima de 18ºC

3 de maio - Mínima de 16ºC e máxima de 18ºC

4 de maio - Mínima de 17ºC e máxima de 19ºC


* Com informações do MetSul

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.



    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários