Desabamento no Espírito Santo
Divulgação/Corpo de Bombeiros do Espírito Santo
Desabamento no Espírito Santo

As operações para resgatar as vítimas do desabamento de um prédio de três andares em Vila Velha continuaram ao longo desta madrugada. Pelo menos quatro pessoas estavam dentro da edificação quando uma explosão antecedeu a queda da construção.  As buscas se encerram na madrugada desta sexta-feira. Apenas uma pessoa sobreviveu.

As causas do desabamento ainda estão sendo investigadas. Até a tarde desta quinta-feira, a única pessoa resgatada com vida havia sido Larissa Morassunti Cardoso. O corpo de sua irmã, Camila, também foi encontrado pelos bombeiros, mas já sem vida.

Uma adolescente havia sido localizada durante a tarde. No entanto, ela morreu enquanto os bombeiros realizavam o resgate.

Já conhece o canal do Último Segundo no Telegram? Entre e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.

Segundo Larissa Cardoso, uma quarta pessoa também estaria dentro do imóvel no momento da queda. Relatos de vizinhos,  no entanto, dão conta da presença de uma quinta pessoa.

O Conselho Regional de Engenharia do Espirito Santo afirmou em nota que a construção, localizada no bairro Cristóvão Colombo, era irregular.

De acordo com o Crea-ES, o prédio 'foi executado de maneira irregular, sem projetos, sem anotações de responsabilidade técnica, sem acompanhamento de um profissional de Engenharia e sem cumprir as Normas Brasileiras Regulamentadoras.

As vítimas

  • Larissa Morassunti Cardoso: Primeira pessoa resgatada com vida dos escombros. Doceira, está em observação no Hospital Estadual de Urgência e Emergência, em Vitória.
  • Camila Morassunti Carodoso: Irmã de Larissa, seu corpo foi encontrado já sem vida pelos bombeiros.
  • Sabrina Morassunti Cardoso: Filha de Camila, a adolescente tem 15 anos de idade. Chegou a ser localizada pelos bombeiros ainda com vida, mas morreu enquanto o resgate era realizado. 
  • Eduardo Cardoso: Pai de Camila e Larissa e avô de Sabrina. O homom de 68 anos foi encontrado já sem vida pelos bombeiros.  

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários