Baleia Rossi, Luciano Bivar e Bruno Araújo em reunião para tratar de aliança, em fevereiro
Luiz Cervi/Divulgação - 04.04.2022
Baleia Rossi, Luciano Bivar e Bruno Araújo em reunião para tratar de aliança, em fevereiro

Os presidentes do PSDB, MDB e União Brasil marcaram para esta quarta-feira uma reunião para discutir a possibilidade de lançar uma candidatura única da chamada "terceira via" para disputar a eleição presidencial em outubro .

Bruno Araújo (PSDB), Baleia Rossi (MDB) e Luciano Bivar (União) já vêm negociando desde fevereiro, mas este é o primeiro encontro entre os três dirigentes depois do fim da janela partidária e do prazo para a desincompatibilização de cargos. Os dirigentes devem debater sobre quais critérios adotarão para escolher um nome de consenso ao Palácio do Planalto - desempenho nas pesquisas eleitorais, baixa rejeição, composição da chapa, viabilidade financeira devem ser fatores determinantes.

O PSDB tem como pré-candidato o agora ex-governador de São Paulo João Doria (PSDB) , que venceu as prévias do partido e renunciou ao cargo na semana passada para se lançar na corrida presidencial. Uma ala da sigla também tenta emplacar o nome do governador do Rio Grande do Sul Eduardo Leite (PSDB), que corre por fora para se viabilizar candidato. Já o MDB trabalha pela candidatura da senadora Simone Tebet (MDB-MS). E o União Brasil filiou na última semana o ex-ministro da Justiça Sergio Moro, que entrou no partido dizendo "não ter desistido de nada".

As negociações também ocorrerão em um momento de estremecimento na relação entre PSDB e o União. Na última sexta-fera, o partido comandado por Bivar convidou o agora governador de São Paulo, Rodrigo Garcia (PSDB), a se filiar ao partido. O PSDB, de Araújo, reagiu, chamando o secretário-geral do União, ACM Neto, a ingressar na legenda.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários