Supeito guardava armas e arquivos com pornografia infantojuvenil em casa
Reprodução
Supeito guardava armas e arquivos com pornografia infantojuvenil em casa

Policiais civis do Distrito Federal, em ação conjunta com a Delegacia Especial de Repressão a Crimes Cibernéticos, prenderam, nesta terça-feira (29), um jovem de 20 anos que planejava praticar atos criminosos e armazenava armas brancas e de fogo na sua residência.

O suspeito foi detido após investigações apontarem que ele integrava grupos na internet que têm a intenção de praticar atos criminosos. O mandado de busca e apreensão foi executado na casa do indivíduo, localizada na Asa Sul.

Em depoimento, a pessoa detida confirmou que planejava praticar massacres em escolas e eventos no Distrito Federal, assim como afirmou participar de grupos neonazistas e antidemocráticos. 


Leia Também

Leia Também

De acordo com a Polícia Civil, além das armas, foram encontrados e apreendidos diversos dispositivos eletrônicos que continham arquivos com pornografia infantojuvenil. 

Essa foi a primeira fase da operação denominada como Shield, que tem como principal objetivo coibir atentados graves tanto na capital federal, como em outros municípios brasileiros.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários