SP: Prefeitura urbaniza e constrói casas na Favela Guaicuri
TV Globo/Reprodução
SP: Prefeitura urbaniza e constrói casas na Favela Guaicuri

O prefeito Ricardo Nunes e o secretário de Habitação, João Farias, vistoriaram na manhã desta terça-feira (15), às obras de urbanização da favela Guaicuri, na região da Subprefeitura Cidade Ademar, que contemplam redes de água e esgoto, canalização de córrego, eliminação de áreas de risco e reassentamento de famílias em novas unidades habitacionais. Até o momento já foram investidos R$ 44,3 milhões no local e às obras serão finalizadas até 2024.

Segundo o prefeito Ricardo Nunes, trata-se de uma região com risco R3 e R4, que é o risco mais alto, e que chegou a ter um desabamento no mês passado.

“Essa obra terá um investimento de R$ 197 milhões da Prefeitura de São Paulo para atender 2.564 famílias, além da construção de mil unidades habitacionais, creche, um parque linear, ciclovia e equipamentos de esportes e lazer”, disse.

Com o objetivo da recuperação ambiental das águas da represa Billings, às obras que estão sendo realizadas na comunidade têm como parte da proposta urbanística o projeto de um corredor verde com áreas de lazer público às margens do córrego, cuja extensão é de 1.950 metros, dos quais 670 metros já foram canalizados e mais 250 metros serão concluídos este ano.
Também fazem parte das obras a instalação de redes de água e esgoto.

Já foram realizados 2.750 metros lineares de rede de esgoto e 86 ligações domiciliares. Como resultado destas obras 1.648 pessoas já foram beneficiadas.

Leia Também

“Com a parceria que fizemos com a Sabesp, todos os imóveis terão a ligação de rede de água e de esgoto passando a ter aqui uma situação de dignidade. Vamos tirar as pessoas do risco, ter a habitação ideal, recuperar a questão ambiental e dar uma área com dignidade para lazer. Continuamos firmes nesse propósito de cuidar dos mais vulneráveis, de fazer obras estruturantes para transformar a vida dessas pessoas”, afirmou o prefeito Ricardo Nunes.

Para este ano estão previstas mais 157 ligações domiciliares de esgoto e mais 79 para o próximo ano, além de 445 ligações de água.

A obra beneficiará 2.564 famílias que vivem ao longo do córrego. Na área haverá a construção de 1.090 unidades habitacionais, desse total, 252 já estão em fase de execução.

Para dezembro de 2022 está previsto a entrega de 122 unidades habitacionais distribuídas em quatro edifícios, onde um deles receberá uma creche municipal alocada no térreo, que beneficiará as famílias residentes e do entorno.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários