Policial militar saca arma em trem de SP após desconfiar que passageiro pudesse estar armado
Reprodução
Policial militar saca arma em trem de SP após desconfiar que passageiro pudesse estar armado

Uma briga dentro do trem assustou passageiros na estação Engenheiro Goulart, em São Paulo, na manhã desta quarta-feira. Dois homens tiveram uma discussão, por volta de 7h, dentro de uma composição da Linha 12 Safira da CPTM e, um deles, identificado como policial militar, tirou uma arma da cintura e ameaçou atirar. Segundo a CPTM, o agente suspeitou que um passageiro estava armado, após ele mexer em sua própria mochila.

No vídeo, é possível ver o PM acuando o passageiro, que aparece abaixado próximo à escada da estação. Também é possível ouvir gritos pedindo para que o agente abaixasse a arma. Poucos segundos após a ação, dois agentes de segurança da CPTM aparecem no local. Caique Miranda, testemunha que filmou o ocorrido, disse ao GLOBO que a briga teria sido iniciada após o militar sofrer um empurrão, devido à lotação na estação. Ele alegou ainda que em nenhum momento os seguranças pediram para o policial abaixar a arma.

"O policial estava muito alterado. Ele sacou o revólver dentro do trem e ficou empurrando na barriga do senhor. Quando os guardas chegaram, em nenhum momento eles tentaram tirar a arma dele. E o rapaz só ficou abaixado, pedindo para o PM parar com aquilo", disse.

Em nota, porém, a assessoria de imprensa da CPTM informou que “ao ver o outro passageiro abaixando para abrir a mochila, o PM acreditou que ele poderia estar armado e por isso sacou sua arma”. Ainda segundo a instituição, não houve disparos e os passageiros embarcaram em seguida, em trens diferentes, e não houve elaboração de Boletim de Ocorrência.

Questionados sobre a conduta dos seguranças do trem, a CPTM não respondeu.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários