Prefeito de Capitólio
Reproducao / TV Integração
Prefeito de Capitólio

Neste domingo (9), o prefeito de Capitólio (MG), Cristiano Geraldo da Silva (Progressista), anunciou o fechamento da entrada em locais aquáticos na cidade. A medida foi tomada após o desabamento de rocha no Lago de Furnas em Capitólio, no sul de Minas Gerais .  

De acordo com o prefeito, as entradas de cânions e de um local conhecido como Cascatinha também foram fechados até que haja um parecer técnico da Defesa Civil sobre as condições do lugar. Cristiano afirmou que o prefeito de São José da Barra, Serginho (PSB), também concordou com o fechamento do Vale dos Tucanos.

A queda das pedras do paredão do cânion deixou, até o momento, oito mortos e dois desaparecidos, de acordo com o Corpo de Bombeiros . Hoje, a corporação continua os trabalhos de  buscas pelas vítimas do acidente, que começou por volta das 6h desta manhã.

As causas ainda não foram definidas, mas a Marinha e a Polícia Civil investigam o ocorrido.

Leia Também

Além do fechamento do turismo aquático, o prefeito disse que, desde 2020, quando houve uma tromba d'água que matou duas pessoas, é feito um trabalho de conscientização com as empresas e donos de lanchas nas cachoeiras.

"Nós temos dentro do município uma legislação que proíbe a ancoragem dentro do cânion e as pessoas nadarem lá. Então eles já têm essa noção, essa dimensão da tromba d'água e essa fatalidade que aconteceu a gente acredita, e precisamos de parecer técnico, não tem relação com tromba d'água. Precisamos de um parecer técnico, de uma equipe técnica, para ter uma avaliação do local e a partir daí criarmos critérios de segurança já pensando em uma fatalidade como essa", afirmou ele, em entrevista à TV Integração .

Segundo Cristiano, pelas imagens do acidente , as embarcações estavam dentro do limite permitido. "Temos a delegacia de Marinha em São José da Barra que faz essa fiscalização de se cumprir as Normas de Autoridade Marítima [Normam]. Pelo o que a gente tem, que é utilizado dentro do turismo, estava tudo dentro dos conformes", afirmou.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários