Vereador tenente-coronel Paccola
Reprodução
Vereador tenente-coronel Paccola

A Câmara de vereadores de Cuiabá aprovou, nesta terça-feira (21), um projeto de lei que cria o 'Dia do Orgulho Hetero', de autoria do vereador bolsonarista Tenente Coronel Paccola (Cidadania).

Durante a sessão, o parlamentar afirmou que decidiu apresentar o projeto após conversar com o filho. Segundo ele, seu filho estava sendo incentivado a beijar garotos na escola.

"Estamos assistindo uma desestruturação. Seus direitos têm que ser respeitados, acho que tem que ter seus direitos sim, mas não acho que devemos ser atacados pela nossa opção sexual", argumentou, se referindo a uma suposta perseguição e incentivo à bissexualidade.

Na justificativa, o vereador ainda lembra que todo cidadão "possui o direito de se manifestar pacificamente". Neste caso, "para afirmar seu orgulho em ser heterossexual".

Pela proposta, a data deve ser comemorada no terceiro domingo do mês de dezembro. "As autoridades municipais apoiarão a realização de atos públicos em comemoração deste dia", diz o artigo 2º do projeto.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários