Barragem de Pedra do Cavalo
Reprodução/ TV Subaé
Barragem de Pedra do Cavalo


As comportas da barragem de Pedra do Cavalo, situada no recôncavo baiano, foram abertas nesta sexta-feira (10). A empresa justificou que a medida foi adotada durante a tarde para prevenir cheias.

A Bahia sofre com fortes chuvas nos últimos dias . Até a noite desta sexta-feira (10), 25 cidades estão em situação de emergência.

Segundo o G1 BA, a gestora da barragem informou que a vazão será feita de forma controlada durante o tempo que o volume de água que chega ao reservatório estiver alto.

A intensidade da chuva também tem feito estragos em outras regiões do estado. A publicação mostra que, durante a madrugada, hóspedes de um hotel de luxo em Ilhéus, no Sul da Bahia, ficaram isolados. 

Em Brumado, no Sudoeste, uma ponte ficou inundada e a BA-148 precisou ser interditada no trecho que liga o município à cidade de Nossa Senhora do Livramento, de acordo com o portal local 87 News. A zona rural de Brumado é cortada por rios e córregos, então as ruas costumam ser inundadas em épocas de fortes chuvas.

Na mesma região, na cidade de Jequié, o aumento no volume de água da Barragem da Pedra preocupa. Mais cedo, o governador Rui Costa (PT) usou o Twitter para pedir que toda a comunidade ribeirinha se desloque para locais mais altos. "A Defesa Civil municipal está a postos para ajudar essas pessoas que precisam de deslocamento", garantiu o gestor.


Ao longo da mensagem, Rui lembrou que a situação é ainda mais crítica no Extremo Sul, onde o governo fez o resgate de "muitas pessoas doentes e mulheres grávidas". “Prefeitos me informaram que ainda há uma resistência muito grande de parte da população em deixar suas casas. Não é fácil, mas pedimos que não esperem a situação piorar. Não permaneçam próximas aos rios porque o volume de água ainda se manterá alto até o domingo”, clamou. O governador frisou que a Defesa Civil e o Corpo de Bombeiros estão mobilizados, com máquinas, barcos e botes para fazer os resgates. 


A força-tarefa visa evitar mais tragédias. Em Itamaraju, uma das cidades mais atingidas na região, três pessoas morreram após o desabamento de seis imóveis.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários