Olavo de Carvalho, guru bolsonarista, não compareceu para prestar depoimento à PF
Reprodução/ Revista Fórum
Olavo de Carvalho, guru bolsonarista, não compareceu para prestar depoimento à PF

A saída de Olavo de Carvalho do Brasil logo após ser intimado pela PF para prestar depoimentos envolveu ida de carro para o Paraguai, compra de passagens em dinheiro vivo e cruzamento da fronteira sem passagem pela imigração.

Segundo informou a Folha, o guru bolsonarista alegou problemas de saúde após ser intimado pela Polícia Federal para prestar depoimento. Olavo de Carvalho gravou um vídeo nos EUA em que negou ter saído para se esconder e que passagens foram oferecidas de última hora.

"Eu estava no hospital e me ofereceram um voo repentino para dali a 15 minutos. Eu não ia perder essa oportunidade", disse.

Ele foi intimado em 9 de novembro e, segundo a reportagem, um dia depois, a esposa do escritor comprou duas passagens partindo de Assunção, no Paraguai, com destino a Miami, nos EUA.

No dia 10, Olavo saiu da clínica onde estava internado sem avisar. O local registrou a "evasão do paciente". A passagem foi remarcada para o dia 13 de novembro, quando viajou de carro até o Paraguai - sem passar pela imigração ao sair do país.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários