Yanomamis
Reprodução
Yanomamis

Luís Roberto Barroso, minsitro do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou nesta quarta-feira (17) que o governo tem até cinco dias para esclarecer informações sobre situação do povo Yanomami. 

Na última segunda-feira (15), o senador  Randolfe Rodrigues acionou o STF contra o presidente Jair Bolsonaro motivado por denúncias de omissão por parte do governo federal em relação ao povo indígena. 

O Ministério Público Federal (MPF), também cobrou do Ministério da Saúde um plano de reestruturação de atendimento que reforce a assistência à saúde. 

Uma reportagem do Fantástico revelou no domingo (14), o abandono em relação as comunidades indígenas yanomamis. Práticas como  garimpo ilegal e falta de assistência médica ameaçam a vida e continuidade desse povo. 

Segundo informações do MPF, as unidades de Roraima e Amazônia já registraram mais de 20 ações judiciais sobre omissão de resgate, ataques de garimpeiros e mortes de indígenas. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários