Protesto da Polícia Federal em Brasília
Reprodução Redes Sociais
Protesto da Polícia Federal em Brasília

Policiais federais protestam nesta terça-feira (16), em diversos estados, contra promessas não cumpridas pelo governo de Jair Bolsonaro. Os atos contam com associações de delegados, peritos e agentes da PF e acontecem na data em que se comemora o Dia do Policial Federal.

Em Brasília, representantes das entidades se reuniram em frente à sede da PF, com faixas e coro contra o que chamam de "desvalorização" da corporação.

As manifestações também têm o apoio da Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef), da Associação Nacional dos Peritos Criminais Federais (APCF), Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef), Federação Nacional dos Delegados de Polícia Federal (Fenadepol) e Sindicato dos Delegados de Polícia Federal (Sindepol).

À coluna Painel, da Folha de S. Paulo, o presidente da Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal, Edvandir Paiva, reclamou: "Esse governo prometeu nos valorizar e nesse período só tomamos porrada".

Leia Também

"Salários congelados, perdemos benefícios previdenciários, perdemos com a PEC Emergencial. Cadê a valorização prometida?", disse.

Luis Antônio Boudens, da Federação Nacional dos Policiais Federais, também cobrou "atenção imediata" do governo às pautas da corporação.

"É notório que esse governo foi eleito com a bandeira da segurança pública, o próprio filho do presidente é policial federal (o deputado Eduardo Bolsonaro é escrivão da PF). Mas por que os militares ficaram de fora das reformas e os policiais foram deixados de lado na hora de terem os direitos preservados?".

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários