Ex-governador de São Paulo pelo PSDB, Geraldo Alckmin é cotado para ser vice de Lula em 2022
Divulgação/Instagram
Ex-governador de São Paulo pelo PSDB, Geraldo Alckmin é cotado para ser vice de Lula em 2022

Geraldo Alckmin (PSDB) causou certo desconforto no PSDB ao se credenciar para votar nas prévias do partido que escolherão o candidato à Presidência em 2022.

Ex-governador de São Paulo e ex-prefeito da capital do estado, o político baixou no último sábado (13) o aplicativo desenvolvido para filiados deem seus votos no dia 21 de novembro, data que João Doria, Eduardo Leite e Arthur Virgílio saberão qual deles será o candidato do partido.

A causa da irritação entre membros da sigla é o fato de que o tucano está prestes a mudar de partido e, por isso, não deveria opinar no futuro do PSDB.

Desafeto do atual governador João Doria, Alckmin deve deixar o seu voto para Eduardo Leite, governador do Rio Grande do Sul e principal adversário do paulista.

Alckmin ainda não definiu o seu futuro na política, mas  já declarou se sentir honrado com sugestões para ser vice de Lula numa provável chapa para as eleições de 2022.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários