Consulado de Portugal no Rio de Janeiro
Reprodução
Consulado de Portugal no Rio de Janeiro

A Polícia Civil investiga um roubo na casa do cônsul de Portugal no Brasil, na madrugada deste sábado, dia 30. De acordo com o depoimento prestado por uma vizinha na 10ª DP (Botafogo), seis criminosos desceram pela mata na Rua São Clemente, na Zona Sul do Rio, por volta das 2h, para invadir o terreno com pistolas e facas, onde renderam funcionários e depois invadiram o casarão, que também é a sede no Consulado de Portugal no Rio e abriga o cônsul e sua família. Ele e os parentes foram feitos reféns, mas não houve feridos. Policiais já estiveram no imóvel para realização de perícia, e as vítimas estão a salvo.

Ainda segundo o depoimento prestado, todos os reféns, alguns amarrados, foram mantidos em um dos cômodos sob a vigilância de dois dos bandidos por cerca de 50 minutos.

A vizinha contou na delegacia que foram roubados na sua casa quatro anéis, dois cordões, uma pulseira, uma tornozeleira, quatro relógios, um laptop, um telefone celular, além de documentos.

Na tarde deste sábado, o delegado Alexandre Henry, titular da 10ª DP, esteve na residência, que passou por uma perícia por profissionais do Instituto Carlos Éboli (ICCE) e peritos do Instituto Félix Pacheco (IFP), que tentam identificar impressões digitais deixadas pelos criminosos.

Diligências estão sendo feitas na região, e agentes da 10ª DP procuram por câmeras de segurança que possam ter flagrado o crime.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários