Jovem recebe socos, chutes e uma rasteira em boate de Madureira
Reprodução
Jovem recebe socos, chutes e uma rasteira em boate de Madureira

Um vídeo que mostra ação truculenta de seguranças na Boate Papa G, em Madureira, no último dia 8 de outubro, viralizou nas redes sociais. Feitas por uma pessoa que estava no interior da casa noturna, as imagens registram o momento em que um cliente é agredido com socos e chutes por dois integrantes da equipe da segurança de festa LGBTQIA+.

Nas imagens, é possível ver um jovem sendo retirado a força da casa, arrastado por uma escada e ao tentar se desvencilhar dos seguranças ele recebe socos e chutes. O homem agredido chega a reagir aos golpes, mas leva a pior e, no fim, após levar uma rasteira de um dos seguranças, acaba caído no chão.

Em nota de esclarecimento, Samantha Fernandes, responsável pela boate Papa G, disse que repudia a atitude dos seguranças. Segundo ela, os profissionais eram contratados da produtora de eventos que realizou a festa na data. "Eu também sou gay e não vivo de agressão. Preciso que entendam que os seguranças não eram contratados da Papa G", pontuou.


Ainda segundo o comunicado, no dia 8 de outubro a boate estava alugada para uma produtora que realizou a festa Gloss. "Garanto a vocês que a Papa G está tomando mil providências. Entendam que não temos culpa e não podemos nos responsabilizar por quem os produtores põem para trabalhar", reforçou.

Leia Também

Desde quinta-feira, o vídeo vem sendo compartilhado por pessoas que se identificam como frequentadores da boate nas redes sociais. 



Alguns usuários relatam já ter presenciado situações parecidas no local e dizem que evitam frequentar a boate.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários