Deputado federal chama mulher de
Reprodução/redes sociais
Deputado federal chama mulher de "p..." durante briga em universidade

Alcides Ribeiro Filho (PP-GO),  deputado federal e reitor do Centro Universitário Alfredo Nasserda (Unifan), localizado em Goiânia, em Goiás, esteve envolvido em uma confusão na última sexta-feira (08). Isso porque vídeos divulgados nas redes sociais mostram o parlamentar em uma briga generalizada e ofendendo a mãe de um dos alunos. "Sua p...", disse o político. Assista o momento da ofensa:


Nas imagens, é possível ver Alcides discutindo com a mulher - que supostamente seria mãe de um dos estudantes da universidade. A reivindicação da moça seria a de que seu filho não estaria estudando. Alcides, então, se recusa a ouvi-la e a ofende.

O parlamentar reitera que não tem " obrigação de atender" a manifestante, ao passo que a mulher questiona: "E quem é que vai resolver essa questão, já que os seus funcionários se recusam a nos atender?"


Na sequência, Alcides diz para a moça chamar a polícia se preferir. "Faça o que você quiser. Se você não souber onde fica [a delegacia de polícia], fica aqui. Vai lá. Denuncia à polícia. Eu vou esperar a polícia aqui".

A mulher aproveita para denunciar o posicionamento do reitor e pede para que a universidade "então devolva o nosso dinheiro". Alcides se descontrola e diz que "Sem respeito é você, sua p..."

Leia Também

Em nota, universidade confirmou a confusão generalizada que ocorreu no local, mas disse que o vídeo foi "editado de forma seletiva e maldosa antes de sua divulgação". O centro de ensino ainda acusa a mulher de "armar" a confusão e diz que o caso será resolvido nas "esferas policiais e judiciais".


Veja o comunicado da Universidade:

A reitoria do Centro Universitário Alfredo Nasser (Unifan) lamenta profundamente o fato ocorrido na tarde desta sexta-feira (8), no pátio da instituição, quando nosso Reitor, professor Alcides Ribeiro Filho, foi agredido fisicamente por pessoas levadas ao local por uma mãe de estudante insatisfeita com as regras da instituição.

O ocorrido tem nuances de armação para expor a imagem do nosso Reitor, um deputado federal influente em Goiás. O vídeo que circula nas redes sociais e nos aplicativos de bate-papo foi editado de forma seletiva e maldosa antes de sua divulgação. No entanto, a Unifan esclarece que o ocorrido tem cunho político, é uma questão institucional e assim deve ser tratada.

Professor Alcides passa bem, graças a Deus, mas a agressão física sofrida por ele será apurada nas esperas policial e judicial e terá como respaldo a violência empregada contra uma pessoa de 67 anos, conforme preconiza o Estatuto do Idoso.

A reitoria da Unifan pede desculpas à sociedade e se coloca à disposição para mais esclarecimentos.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários