Líderes políticos estipulam data para Sergio Moro definir futuro eleitoral
Marcos Oliveira/Agência Senado
Líderes políticos estipulam data para Sergio Moro definir futuro eleitoral

Sergio Moro, ex-juiz e ex-ministro da Justiça e Segurança Pública , recebeu uma data limite de caciques partidários para definir seu futuro político: 1º de novembro. No dia em questão, é esperado que o Podemos e Moro voltem a conversar sobre uma possível candidatura da 'terceira via' para as eleições presidenciais de 2022. As informações são da revista Veja.

O ex-integrante do governo Bolsonaro já deu sinais de que busca parceiros para ajudá-lo na disputa do pleito federal. Economistas e especialistas na área da educação estão sendo sondados por Moro para que ele estude os gargalos destes setores e apresente possíveis soluções em sua pré-campanha.

A escolha pelo primeiro dia de novembro como data limite refere-se ao seu futuro no mundo privado. Até lá, o ex-juiz saberá se continua na consultoria americana Alvarez&Marsal ou se retornará ao Brasil para ingressar na carreira política.


Por estar contrariado com a decisão da Câmara dos Deputados de impor uma quarentena eleitoral a ex-juízes a partir de 2026, interlocutores avaliam que este podem ser um indício de que Moro possui a intenção de se candidatar a presidência da República.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários