STF julga nesta quarta se Bolsonaro deve depor à PF de maneira presencial
REPRODUÇÃO/AGÊNCIA BRASIL
STF julga nesta quarta se Bolsonaro deve depor à PF de maneira presencial

Supremo Tribunal Federal (STF) votará nesta quarta-feira (06) se o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) poderá depor à Polícia Federal (PF) de maneira escrita ou se a oitiva deverá acontecer de maneira presencial. O caso refere-se ao inquérito que apura se o mandatário interferiu de maneira indevida no órgão federal. As informações são do portal Uol.

Este é um dos quatro inquéritos contra Bolsonaro na Suprema Corte e o caso foi adiado em diversas oportunidades e a última ocorreu em abril do ano passado. O ministro indicado pelo presidente, Kassio Nunes, não participará do julgamento pois substituiu o ministro Celso de Mello - este que já se aposentou - e votou pelo direito de Jair comparecer ou não de maneira presencial no depoimetno.

As denúncias foram realizadas pelo ex-ministro da Justiça, Sérgio Moro. Na ocasião, em abril de 2020, o ex-juiz acusou o capitão do Exército de ter substituido o comando da PF para ter acesso às investigações.


Bolsonaro, desde então, nega qualquer ação intencional de interferência no órgão. O vídeo da reunião ministerial, que teria baseado a denúncia do ex-ministro, foi considerado inconclusivo.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários