Frio em São Paulo
Leandro Ferreira/Fotoarena/Agência O Globo
Frio em São Paulo

O mês de agosto termina na capital paulista com um acumulado de chuva de 44,4 mm, valor 8,4 mm acima da referência da Normal Climatológica (1981-2010), mas sem representar uma mudança significativa, mantendo a normalidade na variação.

O maior volume de chuva em 24 horas foi de 27,0 mm e ocorreu na manhã do dia 28. Houve seis dias no mês com registro mensurável de precipitação, igualando-se à média desse mesmo parâmetro. No balanço do ano, a precipitação apresenta déficit de 30% (310 mm menor) em relação à Normal Climatológica.

Com média de 24,4°C, as temperaturas máximas fecharam o mês com desvio de +0,5°C. Já as temperaturas mínimas ficaram com 14,3°C de média, mas seu desvio foi mais significativo de +1,2°C.

A maior temperatura do mês, de 32,8°C, foi registrada na tarde do dia 26, pouco antes da chegada de uma frente fria e finalizando uma sequência de 10 dias com temperatura acima dos 29°C, considerado já bastante quente para o mês de agosto. Essa foi a maior temperatura do inverno de 2021 em São Paulo até o momento. Desde 1963 (há 58 anos), quando a máxima foi de 33,0°C, não fazia tanto calor em agosto na capital.

- Com informações do Instituto Nacional de Meteorologia.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários