Doria, governador do estado de São Paulo
Reprodução
Doria, governador do estado de São Paulo

O governador do estado de São Paulo, João Doria (PSDB), se manifestou nas redes sociais sobre o assalto ocorrido na madrugada desta segunda-feira (30) em Araçatuba (SP), que deixou três mortos e pelo menos cinco feridos.  Segundo o tucano, a ação criminosa não ficará impune. 

"As cenas de terror vivenciadas pela população de Araçatuba não ficarão impunes. Dois criminosos foram presos e um terceiro foi morto em confronto com a polícia. Há uma grande força-tarefa envolvendo 380 policiais e 2 helicópteros Águia para prender e punir os responsáveis", escreveu Doria no Twitter.

Uma quadrilha fortemente armada r oubou veículos, fez reféns, efetuou disparos e assaltou agências bancárias no centro da cidade, ao redor da Praça Rui Barbosa . Segundo a polícia, os crimes tiveram a participação de 20 a 30 pessoas. Duas foram detidas e outra está entre os mortos.

Além dos óbitos, pelo menos cinco pessoas se feriram. Uma delas teve os pés amputados após mexer em explosivos deixados pelos criminosos na cidade.

A Secretaria de Segurança Pública disse que "estão em andamento buscas para a localizar os criminosos. Unidades territoriais da PM de Araçatuba, com o apoio de equipes de Bauru, São José do Rio Preto e Presidente Prudente, além do Águia e da Polícia Civil participam das diligências". O caso é investigado pelo Deic de Araçatuba e pela 5ª Delegacia de Polícia de Investigações sobre Furtos e Roubos a Bancos, do DEI (Departamento Estadual de Investigações Criminais).

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários