Renan diz que
Agência Brasil
Renan diz que "medo da eleição e da prisão" desnorteiam Bolsonaro

O senador e relator da CPI da Covid, Renan Calheiros (MDB-AL) , utilizou as suas redes sociais nesta segunda-feira (23) para tecer críticas ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Em sua publicação, o emedebista disse que o mandatário está "desnorteado" e "com medo da eleição, da prisão e do Tribunal Penal Internacional".

"Os coices autoritários de Bolsonaro não miram só o STF. Ameaçam o Estado Democrático de Direito. Desobediências às leis têm de ser enfrentadas pelo Congresso, que tem obrigação de agir. O medo da eleição, da prisão e do Tribunal Penal internacional desnorteiam o capitão", publicou o parlamentar.


A tensão entre Jair Bolsonaro e os Poderes não anda bem. Na última sexta-feira (20), o chefe do executivo protocolou um pedido de impeachment do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes. O capitão do Exército afirmou, ainda, que apresentará em breve outro processo de impedimento, desta vez do também ministro do STF e presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luis Roberto Barroso.


Em sua argumentação, Bolsonaro alega que "os atos recentemente praticados, especialmente pelo excelentíssimo ministro Alexandre de Moraes, transbordam os limites republicanos aceitáveis".

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários