Presidente Jair Bolsonaro
Agência Brasil
Presidente Jair Bolsonaro


Sem máscara, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) posou ao lado de sua mãe, Olinda, de 94 anos, e três dos seus filhos. Bolsonaro chegou na sexta-feira (20) ao Vale do Ribeira, interior de São Paulo, para visitar a família. O registro com a matriarca foi publicado na manhã deste sábado (21) nas redes sociais do senador Flávio Bolosnaro (Patriota-RJ). Além dele, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) e o vereador carioca Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ) também aparecem na imagem. Nenhum usa o aparato de proteção contra a Covid-19.

Segundo o presidente, a mãe sofreu um sangramento nos últimos dias. Em entrevista a jornalistas, divulgada no canal do YouTube do SBT, o presidente afirmou que pode ser a última vez que vê a mãe. "Minha mãe está com 94 anos, por assim dizer, ela não me reconhece mais. Teve um problema grave de sangramento nos últimos dias e eu resolvi visitá-la porque pode ser né, que seja a última vez".

Bolsonaro contou Olinda teve sete filhos e morou em várias cidades do Vale do Ribeira. "Naquele tempo, você era dona de casa ou professora. E ela foi uma excelente dona de casa. Praticamente além de bons professores, da boa educação naquela época, ela nos ajudou muito também em casa", relatou ao SBT News.

Multa

O presidente chegou às 14h desta sexta-feira a Iporanga (SP), onde foi recebido por uma multidão de apoiadores, que, em sua maioria, também não utilizavam máscara, segundo o G1. A cena se repetiu em seguida na cidade de Eldorado, onde Bolsonaro foi visitar a mãe e irmãos.

Por ter infringido regras sanitárias, Bolsonaro recebeu autuação dupla do governo de São Paulo. O valor total das multas pode chegar a R$ 3 milhões com base em legislação federal. Ao todo, o presidente já cometeu cinco infrações de normas sanitárias no território paulista, chegando à quarta reincidência.

Você viu?

O governo do estado divulgou, em nota, que Bolsonaro "caminhou pelas ruas das cidades sem uso da proteção facial e colocando em risco a saúde da população, descumprindo a Lei Federal nº 14.019 de 2020, que obriga o uso de máscaras, ficando sujeito às multas previstas na Lei nº 6.437 de 1977, que fixa valor de até R$ 1,5 milhão para infrações sanitárias gravíssimas".

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários