Investigadores da Polícia Civil descartaram a hipótese de agressão
Reprodução: iG Minas Gerais
Investigadores da Polícia Civil descartaram a hipótese de agressão

Joice Hasselmann não foi agredida em um suposto atentado e teria sofrido um acidente doméstico após ingerir medicamentos. Essa é, até o momento, a principal linha de investigação da Polícia Civil do Distrito Federal, já que os investigadores concluíram que os ferimentos sofridos pela deputada são oriundos de uma "queda da própria altura" . As informações são do portal Metropoles.

Segundo apurações da 2ª Delegacia de Polícia (Asa Norte), "não se evidenciou quaisquer elementos que apontassem para a prática de violência doméstica ou atentado/agressão por parte de terceiros".

Leia mais: Polícia Civil possui tendência na definição do inquérito Joice Hasselman

Joice sofreu cinco fraturas no rosto e uma na costela, bem como cortes e hematomas ao longo de seu corpo. A parlamentar afima que assistia uma série deitada em sua cama, na noite do dia 17 de julho, quando 'apagou' e acordou 7 horas depois sobre uma poça de sangue e uma amnésia deste período.


O procedimento dos oficiais foi encaminhado ao Poder Judiciário e ao Ministério Público. Atualmente, a tramitação do processo ocorre sob segredo de Justiça.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários