Presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira
Reprodução: iG Minas Gerais
Presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira


Após a PEC do Voto Impresso (135/19) ser rejeitada no Plenário da Câmara dos Deputados , o presidente da Casa, Arthur Lira (PP-AL), afirmou que o assunto está encerrado. "Todos puderam se expressar e defender tese A ou tese B. Mas, no final, a PEC não alcançou o quórum específico para a sua aprovação. Ela vai ao arquivo. Com respeito à Câmara dos Deputados, esse assunto, neste ano, com esse viés de constitucionalidade, está encerrado. Não teríamos tempo e nem espaço para reiniciar a discussão", disse.

O parlamentar também afirmou que ainda há uma possibilidade de discussão no Senado, mas destacou que não acredita que o debate irá para frente entre os senadores. Além disso, Lira disse que não há perdedores e vencedores na noite desta desta terça-feira. "Os deputados que votaram aqui foram eleitos pela urna eletrônica".



O presidente da Câmara ainda salientou que é importante que haja um entendimento entre os Poderes. "É preciso que haja um bom senso por parte do Executivo e do Judiciário para que todos nós possamos nos sentar e escolher uma maneira racional, clara e objetiva de aumentarmos a transparência da auditagem do sistema eleitoral", afirmou.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários