Kiana Hummel foi atacada por um crocodilo de 3,6 metros e puxada para debaixo da água durante uma viagem de férias do México
Reprodução: UOL Notícias
Kiana Hummel foi atacada por um crocodilo de 3,6 metros e puxada para debaixo da água durante uma viagem de férias do México

Kiana Hummel, de 18 anos, foi atacada por um crocodilo de 3,6 metros e puxada para debaixo da água, no México, durante uma viagem. A jovem nascida na Califórnia se hospedou no resort Marriott, em Puerto Vallarta, durante o início desse mês. Ela participou de um mergulho noturno no hotel e lá sofreu o acidente.

Kiana conta que se manteve calma quando foi puxada para debaixo da água. Ela ainda relatou ter batido no crocodilo até ele soltar sua perna direita. Contudo, quando estava quase fugindo, o crocodilo conseguiu alcançar o tornozelo esquerdo da garota, a levando de voltar para o mar. 

"Só me lembro de dizer, por favor, não me deixem. E eu não achei que ia escapar daquela segunda vez. Isso foi realmente ruim", contou Hummel ao canal ABC7 News.

"Foi definitivamente uma das coisas mais loucas e assustadoras que já experimentei. Honestamente, nunca esquecerei quando a cabeça do crocodilo saiu da água. Acabei de entrar em choque", disse Sarah Laney, mulher que fazia o mergulho junto com a jovem.

A emissora de televisão ABC7 News declarou que Hummel não perdeu nenhum membro durante o ataque, mas sofreu "danos extensos em músculos e tecidos" e atualmente não consegue andar. A jovem que ainda está hospitalizada e passará por uma segunda cirurgia.

O porta-voz do resort confirmou para a emissora o ataque de crocodilo e disse que "a segurança e proteção de nossos hóspedes e associados são nossa principal prioridade, e podemos confirmar que a sinalização apropriada, bem como patrulhamento noturno e bandeiras vermelhas, foram e estão devidamente colocados".

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários