Tenente Deroci de Almeida da Costa e sargento Lúcio Ubirajara de Freitas Munhós estão desaparecidos
Reprodução
Tenente Deroci de Almeida da Costa e sargento Lúcio Ubirajara de Freitas Munhós estão desaparecidos

Seguem as buscas pelos dois bombeiros desaparecidos durante o combate ao incêndio na sede da Secretaria de Segurança do Rio Grande do Sul , em Porto Alegra. O tenente Deroci de Almeida da Costa e o sargento Lúcio Ubirajara de Freitas Munhós não foram mais vistos pelos colegas de farda que trabalhavam no local. Deroci é oficial de serviço de dia de Porto Alegre. Já Munhós é servidor do Comando-Geral da Corporação e se deslocou voluntariamente para a SSP para auxiliar as equipes.

Além das buscas, é realizado o rescaldo no prédio. Atuam no local militares do 1º Batalhão de Bombeiro Militar (1º BBM), da capital, militares e cães da Companhia Especial de Busca e Salvamento (CEBS) e homens do 4º BBM, de Santa Maria.

Veja imagens: Fortes chuvas deixam mais de 100 mortos na Europa; Alemanha e Bélgica são mais afetadas

Você viu?

As chamas começaram por volta das 22h desta quarta-feira. Parte da estrutura desabou pouco depois. O incêndio foi controlado pouco antes das 5h desta quinta. Todos os nove andares do edifício foram afetados. Ninguém ficou ferido.

No local atuaram 68 militares, das guarnições de serviço do dia, com 21 viaturas de combate e o apoio de duas autoescadas mecânicas. O governador Eduardo Leite afirmou que a prioridade é encontrar os bombeiros desaparecidos.


"Estou aqui acompanhando o trabalho feito pelas nossas equipes. Mas a prioridade absoluta é buscar os dois servidores que estão desaparecidos, do Corpo de Bombeiros. Estavam atuando no combate às chamas. Essa é a prioridade absoluta", ressaltou Leite.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários