Carta entregue à Polícia de Goiás teria sido escrita por lázaro
Reprodução
Carta entregue à Polícia de Goiás teria sido escrita por lázaro

A polícia de Goiás recebeu, nesta sexta-feira (25), uma carta que supostamente terias sido escrita pelo serial killer Lázaro Barbosa, de 32 anos. No documento, o autor diz ser um "ungido de Deus" e pede desculpas aos parentes das vítimas que sofreram com o criminoso. “Eu pesso (sic) perdão às famílias das vítimas”, teria escrito. As informações são do Metrópoles .

Outro trecho da carta fala da infância do suposto Lázaro na Bahia. O autor diz que sofreu muito e que trabalhava muito com o pai para "ganhar 5 reais". Ele diz que o  pai era ausente e por vezes chegava bêbado em casa.

O documento também nega ligações com alguns rituais religiosos. “Não fasso macuba (sic) temo ao meu Deus”.

Acusado de matsar quatro pessoas da mesma família em Ceilândia, Lázaro Barbosa está foragido há 17 dias.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários