Ex-presidente subiu três pontos percentuais desde a última pesquisa realizada pelo XP-Ipespe
Reprodução
Ex-presidente subiu três pontos percentuais desde a última pesquisa realizada pelo XP-Ipespe

O instituto XP-Ipespe de pesquisa divulgou o resultado do seu levantamento a respeito das eleições presidenciais de 2022. Em comparação com o último mês, o ex-presidente Lula (PT) cresceu três pontos percentuais enquanto  Bolsonaro oscilou na margem de erro e perdeu um ponto.

Caso as eleições fossem hoje, o petista teria 34% dos votos válidos. Já o capitão do Exército obteve 28% das intenções de voto.

Ciro Gomes foi o presidenciável que mais caiu nas pesquisas, passando de 9% no último mês, para 6%. Sérgio Moro e Luciano Huck perderam um ponto percentual cada e foram de 8% para 7% e de 5% para 4%, respectivamente.

Em um cenário de segundo turno, o Lula abriu nove pontos de diferença de Bolsonaro. Na última pesquisa realizada, a vantagem do petista era de apenas dois pontos. O ex-presidente foi de 42% para 45% enquanto o capitão foi de 40% para 36%. Ciro Gomes, caso fosse ao segunto turno, também venceria Bolsonaro com 41% contra 37%.


O instituto realizou 1.000 entrevistas por telefone, em todo o país, nos dias 7, 8, 9 e 10 de junho. A margem de erro da pesquisa é de 3,2 pontos percentuais.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários