Pastor Valdemiro Santiago, fundador da Igreja Mundial do Poder de Deus
Divulgação
Pastor Valdemiro Santiago, fundador da Igreja Mundial do Poder de Deus

Os bens da Igreja Mundial do Poder de Deus, fundada pelo pastor Valdemiro Santiago , terá bens leiloados para sanar uma dívida de  R$ 39 mil em aluguéis. A decisão é da Justiça de São Paulo.

A dívida diz respeito a um aluguel de uma residência em Guarulhos, em SP, cujo contrato foi assinado em maio de 2017 para hospedar a família do pastor. Os pagamentos cessaram em dezembro do mesmo ano, embora a casa tenha sido desocupada em novembro do ano passado, após despejo coercitivo.

O valor do débito é de cerca de  R$ 109 mil — somando juros, correção monetária e multas. Cerca de R$ 70 mil já foram pagos por meio de penhora das contas bancárias da igreja. O restante, R$ 39 mil, será pago com o leilão de painéis de LED da Igreja, que valem cerca de R$ 1,2 milhão.

A igreja não contesta a dívida. Em 2020, tentou adiar o pagamento alegando dificuldades provocadas pela pandemia da Covid-19 que, consequentemente, teria ocasionado em perda de arrecadação de dízimos.

“Ante o fato de estarmos enfrentando uma crise de magnitude jamais vista, o Poder Judiciário deve adotar medidas a fim de amenizar o impacto e garantir o funcionamento das empresas, ainda que sejam devedoras, e a manutenção dos empregos”, disse a Mundial.

O proprietário do imóvel critica o pedido, afirmando ser um "total desrespeito". A igreja Mundial tem 6.000 templos distribuídos em diversos países.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários