O ministro alegou aos policiais federais que não se encontrava com seu celular no momento da apreensão
Reprodução/Flickr
O ministro alegou aos policiais federais que não se encontrava com seu celular no momento da apreensão

O ministro do Meio Ambiente , Ricardo Salles, foi alvo de uma operação da Polícia Federal na última semana, porém não teve seu celular apreendido. As informações são da jornalista Bela Megale.

Como a polícia não encontrou o endereço da residência de Salles em Brasília, os oficiais se dirigiram ao prédio do ministério e questionaram Ricardo assim que ele chegou ao local. O ministro, porém, alegou que ele não se encontrava com seu celular.

A apreensão do aparelho celular e de outros eletrônicos do ministro foi autorizado por Alexandre de Moraes, ministro do Supremo Tribunal Federal ( STF ). A avaliação é de que a falta do celular de Salles arapalhará as investigações.


Mesmo sem entregar seu telefone, o ministro desativou o aparelho. Desde a última quarta-feira (19), Salles se comunica através de outro celular e de um número diferente do anterior. Questionado, Ricardo não se manifestou.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários