Mãe de Henry Borel, Monique está presa e com Covid-19
Reprodução/redes sociais
Mãe de Henry Borel, Monique está presa e com Covid-19

Um novo laudo da necropsia feita pelo Instituto Médico Legal (IML) do Rio de Janeiro mostrou que o garoto Henry Borel  sofreu lesões no rosto provocadas por unhas . O perito responsável pelo documento, no entanto, informou não ter identificado sinais de esganadura no pescoço e nem nas vias aéreas superiores.

O jornal O Dia teve acesso ao laudo, que relata que "as lesões na região nasal e infra orbital são compatíveis com escoriações causadas por unha".

Sobre uma lesão encontrada na boca de Henry, o médico legista disse que pode ter sido provocada no Hospital Barra D'Or, após uma tentativa de intubação. E comentou, também, que havia múltiplas lesões no abdômen da criança, de 10mm de cada e que ambas aconteceram entre 12 e 48 horas antes da realização do exame. O médico legista disse que no momento em que examinou o corpo de Henry não havia sinais de maus-tratos anteriores.

O novo laudo confirma o anterior, que constatou que Henry Borel chegou ao hospital sem vida.

"Conforme o Boletim de Atendimento Médico do Hospital Barra D'Or, em nome de Henry Borel Medeiros, a vítima, ora paciente, foi admitida "parado, cianótico, pálido, extremidades frias e cianóticas e sem perfusão capilar periférica. Rigidez de mandíbula. Mole, pálido, roxo. Com rigidez da mandíbula, temperatura de 34 graus e flacidez do restante do corpo".


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários